19.6.09

O crime da rua do arvoredo

Reza a lenda que, na rua do arvoredo, havia um talho, aqui diz-se açougue, cujo proprietário era um alemão. A uma dada altura, sentiu-se a rua mais vazia de gente, o povo simplesmente desaparecia sem deixar rasto. Parece que o alemão os apanhava a jeito, os cortava às postas e os mais tenrinhos eram vendidos no açougue. O sacana pôs os gaúchos, fãs de um bom churrasco, a comer carne humana, sem que estes fizessem a mínima ideia, como é óbvio. Vai saber se é verdade...

Sem comentários:

Publicar um comentário