9.11.08

É Nóis!*

Não me esqueço da Juju,
da sua carinha de menina;
muito menos de tu,
querida Maloquinha.

Não me esqueço da Hew,
Coisa mais querida;
muito menos da Bew,
sua excelsa marida.

Não me esqueço da Eva,
Não me esqueço da Vera;
Minha filha, releva,
Essa confusão já era.

Não esqueço a Claudia Lyra,
A moça da balada;
Miúda tão gira,
É a Tati Tatuada!

Não esqueço a Moniquinha,
Muito menos a Sil;
E aí Telinha,
Do meu querido Brasil!

Tem a Gi, tem a Mani,
Que também não esqueci;
Como as Fer são duas,
Xiii, me confundi...

Tem a Paula Clarice,
Afffff, quanta sandice;
Nossa, como sou tantan,
Essa é a Carla San!

A Naty não esqueci,
Muito menos a Vanessa;
Ó Ro, vem aqui,
E a Linoca na promessa.

Não esqueci a Raquel,
A Fátima, a Clau nem a Bela,
Gente, tipo assim, de mel,
Não tem, nem na tela!

Nem a Luci faltou,
Muito menos a Elaine;
Nossa, demorô,
Cacete, cadê a Jane?

Quase esqueci a Flá
opa, foi mal.
desculpa-me, rá!
eu sou uma anormal...

Esquecer a Fal é impossível,
Coisa mais doce nunca vi;
Mesmo que fosses invisível,
Me apaixonaria por ti!

*Ou: quando for grande quero ser o Gabriel o Pensador...

4 comentários: